Seg - Sex 08:30-18:30
Email contato@happ.com.br Ligue Agora! +55 51 4042-3564
Seg - Sex 08:30-18:30
Email contato@happ.com.br Ligue Agora! +55 51 4042-3564

SEO significa Search Engine Optimization. Esta sigla traz um conjunto de técnicas e ferramentas que te ajudam a melhorar o posicionamento do seu site nos motores de busca como Bing, Google e outros. Mas para que se consiga isso, uma das coisas mais importantes é que seu site tenha alguma relevância nos mecanismos de buscas e um dos parâmetros dessa relevância, além de conteúdo relevante acaba sendo a quantidade de acessos orgânicos. Quanto mais, melhor.

 

Mas qual a diferença entre SEO e Links Patrocinados?

Na prática, na hora em que se busca algo em um site de busca, a diferença entre SEO e links patrocinados pode não ser tão visível.

Na lista de resultados de uma busca, aparecem links orgânicos e patrocinados. Os links pagos costumam aparecer no início e no final da lista de resultados, nos motores de busca. Por serem pagos, são ferramentas de curto prazo e não requerem muito trabalho. Já os resultados orgânicos aparecem entre o início e o fim dessa lista, ou seja, no meio. São recursos que só dão retorno de longo prazo, pois exigem muito trabalho e dedicação através de técnicas de SEO.

 

Como o SEO pode me ajudar a vender mais?

Seja encontrado. A grande maioria das pessoas quando tem interesse em algum produto ou serviço, realiza pesquisas relacionadas ao que desejam em mecanismos de busca.

Para que o site do seu negócio esteja bem posicionado nos resultados das buscas, é necessário que, de preferência ele apareça no topo da primeira página. Caso isso ainda não seja possível, lute para que esteja pelo menos até a terceira página da lista de resultados. Sabe por quê? Porque grande parte dos usuários tem a paciência curta. Paciência essa que só vai até a terceira página de resultados.

Além disso, ser encontrado em uma boa posição é sinônimo de vantagem estratégica, pois seu site pode ser visto tanto por quem já conhece a sua marca, quanto por quem ainda não conhece, aumentando assim, possibilidades de novos clientes.

 

Já gostei, como posso começar a trabalhar com SEO no meu website?

SEO não é uma ação que se faz uma única vez e acabou. É algo que necessita ser trabalhado com uma certa regularidade. Então, se você busca uma boa visibilidade da sua empresa na internet para que suas vendas ganhem um up, não deixe de seguir as dicas que estão vindo nas próximas linhas.

 

Pesquisa das palavras-chave

O primeiro passo para começar a trabalhar o SEO do seu site é o estudo das palavras-chave. Achou que era só pensar em algumas palavras que você acha que tem a ver com o seu negócio? Se enganou. A coisa é um pouco mais complexa. Mas, para que se torne menos penosa, o Google disponibiliza uma ferramenta chamada “Planejador de palavras-chave”. O caminho das pedras é selecionar as palavras que tenham baixa concorrência e, ao mesmo tempo, muita demanda. Com está ferramenta do Google, você vai com mais facilidade selecionar as palavras que fazem parte dos dois mundos.

 

Conteúdo Relevante

Para o Google, um conteúdo relevante é uma das coisas mais sensacionais que os sites podem oferecer, pois isso é contabilizado no algoritmo. Por outro lado, não gosta de conteúdos duplicados e caso você os reproduza, seu site pode ser penalizado por isso. Então foque num conteúdo realmente bom e original. Um texto tem que ter no mínimo, 600 palavras, com qualquer mídia que proporcione informações de alta qualidade para quem está lendo. Cada conteúdo deve ter pelo menos uma palavra-chave.

 

Imagens

As imagens também precisam ter um trabalho de SEO. Para isso, os arquivos devem ser nomeados com as palavras-chave relacionadas ao assunto de que estão tratando em algum texto ou outro tipo de conteúdo. Outro ponto que merece atenção é o atributo alt da imagem: Nele também devem conter as palavras-chave do assunto tratado. Mas ele não ajuda apenas no SEO. Ele também é uma boa ferramenta de acessibilidade. Pessoas portadoras de deficiências visuais utilizam sintetizadores de voz para saber do que trata as mídias em que elas não podem enxergar.

 

URL’s Amigáveis

Para que as Url’s sejam amigáveis elas têm que trazer o título do texto ou página que será lida ou se forem grandes demais, basta que sejam apresentadas só as palavras-chave. O mais importante é que o cliente, só de ler uma URL de uma página, já tenha uma noção do que vai encontrar ao clicar no link.

 

User Experience

Seu site fornece uma boa experiência a quem o está acessando? Você sabia que o Google leva essa informação em conta na hora de considerar ou não o seu site relevante? Sim, essa é uma informação importante para ele. E para verificar isso, ele considera o comportamento de um usuário no seu site: Se ele entrou, ficou pouco tempo e saiu, sem abrir nenhuma outra página, o Google chama isso de taxa de rejeição. Taxa essa que aumenta sempre que ele percebe que um usuário tem esse tipo de comportamento no seu site. Por outro lado, se ele fica mais tempo, interagindo em várias páginas, o Google considera que seu usuário tem uma boa experiência em sua página e a considera relevante, melhorando, assim, o seu posicionamento. Então cuide disso e coloque SEO e UX em harmonia.

 

Links Externos

Quando seu site é citado por outros, o Google também está vendo isso. E, ser citado significa que o seu site possui algum grau de importância e isso é bom para que sua relevância melhore, aumentando o seu posicionamento nos motores de buscas. Mas atenção, não adianta ser citado por milhões de sites, se eles têm conteúdos suspeitos para o Google. O mais importante aqui é que seu site seja apontado por outros que estejam bem colocados no Google ou que sejam referência em seus nichos. Então, o mais legal aqui é que seu site tenha relacionamentos muito bons.

Agora que você já sabe o que significa SEO e, mais do que isso, o que significa SEO para o seu negócio, chegou a hora de pôr em prática todos os conhecimentos adquiridos até aqui e aumentar a visibilidade do seu negócio na web, aumentando assim, as chances de conversões. Quer começar agora mesmo? Confira o nosso tutorial básico para implementação de otimizações SEO!

Deixar um comentário